Revisões que podem aumentar sua aposentadoria


Foto Ilustrativa

Em uma de minhas idas a uma grande agência do INSS, vi a funcionária explicar ao segurado que a contagem de tempo pode ser feita no site Meu INSS, no link Simulação. No entanto, o que ela não disse é que na maioria dos benefícios concedidos, a Previdência deixa de reconhecer parte do tempo de contribuição no momento da aposentadoria. E o segurado precisa ficar atento, porque isso leva à redução do valor do benefício. Em regra, quanto maior o tempo de contribuição maior o valor da aposentadoria.

Não são automaticamente reconhecidos tempo de serviço rural trabalhado com a família a partir dos 12 anos de idade; aqueles lançados em contratos de trabalho antigos e não registrados nos sistemas do INSS ou até mesmo a falta de Certidão de Tempo de Contribuição (CTC) de períodos trabalhados no serviço público.

Igualmente difícil é o INSS reconhecer, por si só, o chamado tempo especial – aquele em que o segurado ficou exposto a agentes insalubres, tais como ruído, eletricidade, óleos minerais, agentes biológicos. A inclusão desse tempo também pode aumentar o valor da aposentadoria.

Para que se possa analisar o benefício e ver se está correto, são necessários os seguintes documentos: Carteira de Trabalho e Guias da Previdência Social; Formulário PPP (a ser obtido com o empregador),para os casos de exposição a agentes insalubres; Documentos que comprovem o exercício de atividade rural, em nome dos pais, de membros da família e em seu próprio nome.